Instalando e configurando o CakePHP!

Posted by Erik Figueiredo on January 7, 2015

Meu primeiro artigo aqui no CakePHP Brasil é dedicado a todos os que querem iniciar no Framework, bem vindo a série Curso de Introdução ao CakePHP.

Nesta série abordaremos as duas versões mais rescentes do CakePHP, a 2 e a 3, pra isso sempre vou começar com uma introdução geral e partir para o Cake 2, na sequência eu repito o processo para o CakePHP 3.

Para este curso vamos precisar de um banco de dados, vou usar MySql e o meu banco vai chamar tutorial_cakephpbrasil.

Vamos lá?

Instalando o CakePHP 2

Pra começar, vá ao site oficial do CakePHP (www.cakephp.org), do lado direto tem um Download vermelho bem grande, com a versão mais rescente, se neste ponto você encontrar a 3.* (* = a qualquer coisa, 3.1.2 por exemplo), então vá direto ao repositório no GitHub para baixar a versão 2 (neste link), é só rolar pra encontrar a versão 2.* mais rescente.

Com o arquivo compactado em mãos… bem, desnecessário, mas lá vai, rsrsrsrs: descompacte dentro do diretório do seu servidor web local (htdocs, www…).

Verifique se o diretório em app/tmp tem permissão de leitura e escrita (777) recursivamente (nele próprio e em todos os outros diretórios e arquivos dentro dele).

Agora abra o diretório do CakePHP no seu navegador pra ver se está tudo certo, se uma tela com alguns avisos em vermelho, verde e amarelo aparecer é porque deu tudo certo.

Vamos resolver estes alertas e deixar tudo verdinho?

Configurar o CakePHP 2

Cada cor é uma prioridade, vamos começar pelos vermelhos. Tem duas configurações de segurança que precisamos resolver, é o Security.Salt e o Security.CypherSeed, acesse o arquivo em app/Config/core.php e localize as linhas que começam como o exemplo abaixo:

Configure::write('Security.salt',...
Configure::write('Security.cipherSeed',...

Pronto, os vermelhinhos estão resolvidos, se tiver mais algum no seu me avisa nos comentários ou no forum.

Pra fechar, vamos acertar um amarelinho, o do Banco de dados.

Vá ao diretório app/Config e renomeie o arquivo database.php.default para database.php.

Abra ele e acerte as configurações de acesso do array $default para as do seu banco de dados:

public $default = array(
'datasource' => 'Database/Mysql',
'host' => 'localhost',
'port' => '',
'login' => 'root',
'password' => '',
'database' => 'tutorial_cakephpbrasil',
'prefix' => '',
'encoding' => 'utf8'
);

Quando você abrir o navegador deve encontrar o aviso do banco (antes amarelo) na cor verde, se não estiver confira todos os dados de conexão e poste nos comentários ou no forum, para conferir, você deve acaba com apenas uma mensagem amarela, vamos ignorar isso.

Parabéns, o CakePHP 2 está configurado.

Instalando o CakePHP 3

O CakePHP já tem um conceito muito mais moderno, então vamos aproveitar isso, pra começar garanta que você já tem o Composer acessando o site e baixando no diretório que quer instalar o CakePHP 3 (se não conhece o Composer não sabe o que está perdendo).

Não vou me aprofundar no assunto, lá tem opção para baixar via linha de comando (usando PHP ou Curl), link direto (Manual Download) e até um instalador pra Windows.

Note que você pode acabar com o composer instalado globalmente (com o instalador do Windows por exemplo) ou com ele no diretório local.

Abra a linha comando e garanta que o php roda na linha de comando com php -v, ele deve mostrar a versão do PHP.

Pra instalar o CakePHP execute o comando abaixo:

php composer.phar create-project --prefer-dist -s dev cakephp/app [app_name]

Para instalação local do composer

composer create-project --prefer-dist -s dev cakephp/app [app_name]

Para instalação global do composer

Substitua o [app_name] pelo nome do diretório que ele vai criar.

No fim verifique se os diretórios logs e tmp tem permissão de escrita e leitura (777).

Configurar o CakePHP 3

O Composer já configura o Security.Salt sozinho (o Security.CypherSeed não existe mais), falta agora configurar o banco de dados.

Localize o arquivo config/app.php e dentro dele a entrada Datasources no array $config:

config = [
    // More configuration above.
    'Datasources' => [
        'default' => [
            'className' => 'Cake\Database\Connection',
            'driver' => 'Cake\Database\Driver\Mysql',
            'persistent' => false,
            'host' => 'localhost',
            'username' => 'root',
            'password' => '',
            'database' => 'tutorial_cakephpbrasil',
            'encoding' => 'utf8',
            'timezone' => 'UTC'
        ],
    ],
];

Pronto, o CakePHP 3 já está configurado.

Conclusão

Com o CakePHP já configurado, vamos partir pro próximo artigo, que vai mostrar a criação da nossa primeira aplicação, um gerenciador de usuários.


Quer melhorar este artigo? Vá até o repositório deste blog